jump to navigation

Rádio Jabá FM – Uma Comédia Baiana abril 30, 2009

Posted by eliesercesar in Prosa.
trackback

 

RÁDIO JABÁ FM

PROGRAMA 3

ilustração: AFOBA

ilustração: AFOBA

 

Personagens

 

Locutor

Camila Melo – repórter

Florisbela de Paulo – repórter

Toinho Zoião – eletricista

Albertinho Lisura – deputado federal

Edilberto Grill – músico

Delícia Faber – promoter

Texugo Chaves – Chefe de Estado latino-americano

Nilda Funk – sexóloga

Walmir Xícara – político

Dona Mamãe – eterna candidato a um cargo eletivo

Barack Obama – candidato a vereador

Escrachete do Brasil – vereador e dançarino

Gelcimar Toucinho – médico e cientista

 

 

PROGRAMA 3

 

 O cenário é um estúdio de rádio. O locutor está ao microfone. Ouve-se a vinheta, numa voz feminina, com a mesma modulação dos anúncios de aeroporto: Jabá FM, a rádio que não se vende.

 

 Locutor (voz empostada e, em seguida, indignado): Bom dia, ouvintes da Jabá FM . Iniciamos o programa de hoje, com uma nota de protesto da direção da sua rádio que não se vende. A direção desta emissora lamenta não ter sido consultada pela revista Metrópole que, no seu número 9, trouxe a matéria de capa “Pagou, tocou”. Embora a revista tenha reconhecido que “Jabá dita o ritmo do sucesso em rádios de Salvador”, o que nos envaidece muito, esta rádio, se procurada pela repórter Luona Abrocha, poderia prestar informações relevantes para enriquecer  a oportuna reportagem da Metrópole. A atitude da revista foi, no mínimo, uma falta de consideração para com a única rádio do Brasil que não tem vergonha de esconder  o  Jabá de seu nome e de sua eclética e ilustrativa  programação. Nunca é demais reiterar que na sua Jabá FM, o sucesso é ditado por mil, dois mil, três mil, cinco mil, dez mil….quem sabe um milhão… de…. pedidos, eu disse, pedidos, do povo.

(Voz empostada): Nesta data, a Jabá FM quer se associar às comemorações do Dia Internacional da Mulher. A sua rádio que não se vende só tem elogios para a bela  caminhada da mulher. Aliás, o eletricista aqui da Jabá, Toinho Zoião, também é solidário à caminhada da mulher. (Em tom de deboche): Toinho não pode ver uma nega passando ali na passarela da Estação Iguatemi, que espicha logo o zoião e aprecia, sem moderação, a caminhada da mulher.  Oh, Zoião, quer matar papai?!

(Com expressão séria): Sintonizada com a responsabilidade social da ciência e prevenida contra os abusos cometidos em nome do desenvolvimento científico, a Jabá FM, a rádio que não se vende, também quer se associar à Igreja Católica na condenação às pesquisas com células-tronco. Afinal de contas, este tipo de pesquisa vai acabar devastando as nossas florestas. O desmatamento já é grande, pra que derrubar mais árvores para pesquisar as células do tronco?

(Colocando o som na caixa): Agora, som na caixa, porque está música vai bombar. Com vocês e em especial para as nossas colegas da Jabá FM,  Florisbela de Paulo e Camila  Melo, “Pega a piriguete”, o pagode do grupo Calcinha Arriada:

 

            É só passar um homem,

            que ela logo larga um frete.

            Pega, pega, pega a piriguete.

 

            Ela se freta no restaurante,

                  por um prato de espaguete.

                  Pega, pega, pega a piriguete.

 

            Atrás do bloco de Ivete,

                  ela já procura frete,

                 pega, pega, pega a piriguete.

 

            Taco dentro, taco fora,

                    em  sinuca, ela é a bola sete.

            Pega, pega, pega a piriguete.

          

                  Ela não quer nem saber,

                  se é coroa ou se é pivete.

            Pega, pega, pega a piriguete.

            Deixe de fogo, minha filha,

            fique calma e se aquiete.

            Pega, pega, pega a piriguete.

                   Pega, pega, pega, xô galinha,

                  pega a piriguete.

 

Locutor (voz ainda mais empostada): Beleeeeezaaa de Creuza! Pega a piriguete, confirma a cadência e a sensualidade da música baiana.

 

(Compenetrado): Atenção, muita atenção, clientes, quero dizer ouvintes da Jabá FM. Hoje, apresentaremos um furo jornalístico, uma entrevista exclusiva de dimensão internacional, com o grande, el grande, el comandante, el jefe de los revolucionarios de la Sudamérica. É com satisfação que vamos chamar, vamos llamar… Texugo Chaves!!!

Entra Texugo Chaves (gordo, com um uniforme verde-oliva e uma boina guevariana na cabeça)

 Locutor (reverente): Buenos dias, Texugo Chaves.

Texugo Chaves (em tom raivoso): Abajo Bush, el diablo del mundo. Muera. Uribe, traidor, invasor del Ecuador!

Locutor: Texugo…

Texugo Chaves (irado): Abajo Bush, carrasco de la humanidad, carajo!

Locutor (tentando contemporizar): Não xingue, não xingue, comandante.

Texugo Chaves (dando um soco no ar): Muera, Uribe, cabrón!

Locutor (um pouco amedrontado): Texugo Chaves, explique aos nossos ouvintes como é esta revolução que o senhor pretende fazer nos bulevares.

Texugo Chaves (aos berros): Viva la revolucion bolivariana! Viva, Bolívar, el liberador de los pueblos oprimidos. Muerte a Bush, hijo de la gran…

Locutor (em tom suplicante): Não xingue, não xingue, comandante. (Tentando impor respeito):  Respeite o presidente da maior potência mundial.

Texugo Chaves (aos berros): Viva Bolíver, el conquistador de la Sudamérica. Abajo Bush, el capeta de la globalizacion, el señor de la guerra. Muera Uribe, jefe de  mierda, carajo!

Locutor (em tom decidido): Por que no te callas ?

Texugo Chaves (vociferando): Bush, asesino. Uribe, cabron!

Locutor (determinado): Por que no te callas? Gracias, comandante, muchas gracias.

(Em tom ofegante):  Para não ferir aos ouvidos mais sensíveis, a sua Jabá FM foi obrigada a interromper a entrevista com o  grande e desbocado Texugo Chaves.

         Em lugar da entrevista, vamos veicular o noticiário. (Com a voz empostada):

 

Prefeito acusado de tramar demolição de terreiro

 

         Corre à boca pequena na cidade, que foi o prefeito quem mandou derrubar um terreiro de candomblé. Setores da oposição não estão comendo nada. Muita gente não quer comer esse agá. Para alguns observadores do cenário político municipal, o episódio não teria passado de um factóide para o prefeito, em campanha para reeleição, fazer média com o pessoal do candomblé, mandando reerguer o templo e pedindo mil desculpas aos orixás.  A Jabá FM, que reconhece a seriedade do prefeito e a transformação urbana que ele e sua equipe vêm promovendo, não endossa este boato.

 

Retocada

 

Duas semanas depois de ser operado do reto, o senador Joãozinho Sinuoso recebeu alta, na manhã de hoje, do Hospital Geral do Estado. Em licença médica, Sinuoso cederá sua cadeira no Senado ao suplente Josias Torto.

Serasa

 

(Em tom de ameaça): E atenção deputado Albertinho Lisura, deixe de usura e pague o dinheiro que vossa excelência deve à Jabá FM, a rádio que não se vende.

 

(Colocando o som na caixa): E, agora, para encerrar o programa, o quadro “Essa música vai bombar”. Hoje, tocaremos o samba “Que beleza é você, princesa”, do artista multimídia Zezé Rabelo. Som na caixa.

 

              Você espantou minha tristeza.

            

             Que beleza é você princesa.

             Que beleza é você princesa.

           

            Que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

            Mas, que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

          

            Você é o pão ofertado em minha mesa

          

           Que beleza é você princesa.

            Que beleza é você princesa.

           

            Que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

            Mas, que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

            Os seus olhos irradiam realeza.

           

           Que beleza é você princesa.

            Que beleza é você princesa.

           

            Que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

            Mas, que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

           Eu sou o rei e você a minha alteza.

      

            Que beleza é você princesa.

            Que beleza é você princesa.

          

            Que beleza é você princesa.  

            Que beleza é você, princesa.

 

            Mas, que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

         Você é fera e sou a sua presa.

 

           Que beleza é você princesa.

           Que beleza é você princesa.

            

            Que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

            Que beleza é você princesa. 

            Mas, que beleza é você, princesa.

 

           Você é o brilho que ofusca que ofusca a grandeza

 

            Que beleza é você princesa.

            Que beleza é você princesa.

           

            Que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

            Mas, que beleza é você princesa. 

            Que beleza é você, princesa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Comentários»

1. paulo sobral - maio 1, 2009

Bela veia humirística, como de praxe….. muiro boa a banda Calcinha arriada, que veria ser o nome da nossa próxima banda no ” Pantera”…..
genial o ” texugo chaves “.

Muito legal!! Estou copiando para os meus favoritos.

eliesercesar - maio 6, 2009

Vem mais Jabá, por aí.

Obrigado, Sobral


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: