jump to navigation

A hóstia estrangualada setembro 10, 2009

Posted by eliesercesar in Poesia.
trackback

Vermelho

Não há mais andorinhas

nestes vastos céus de urubus.

sequer uma nuvem (quem a alcança?)

modela o tosco perfil de uma criança.

Nestes céus, sem mais estrelas,

Sem azul, imensidão ou brilho

(a Vésper? Um caroço de milho),

não há um único anjo que nos guarde.

Há uma hóstia

em vermelho estrangulada.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: