jump to navigation

Trecho inicial do livro Contreiras, camarada engenheiro – Caros amigos editora, 2009 setembro 17, 2009

Posted by eliesercesar in Prosa.
trackback

Prestes

UNS HOMENS BARBUDOS

—  A Coluna Prestes assusta a pequena Rio de Contas

Quem são mesmo esses homens barbudos, cabeludos e sujos, com cara de maus, que chegam como  donos da cidade, do destino, da vida e da morte das pessoas simples? Forasteiros de passagem? Bandidos perigosos?   Vão logo embora, sem deixar rastro ou saudades, como os ciganos? Que querem, esses estranhos, na cidadezinha pacata? Dinheiro? Judiar dos pobres e dos bichos? Levar toda a comida e o rebanho? Tocar fogo nas casas? Pior se resolverem  raptar as mulheres, deixando os homens sem esposas, os pais sem filhas e os filhos sem mãe… Não podem ser de paz, se chegam fortemente armados e prontos para a guerra.

Muitos pensamentos ruins confundiram a cabeça  dos moradores do lugar (pouco mais de 800), quando, depois de palmilhar centenas de municípios brasileiros, enfrentando as forças legalistas, os jagunços dos coronéis e as volantes sertanejas, os homens  da Coluna Prestes, sedentos e esfomeados,  entraram na pequena  Rio de Contas, na Chapada Diamantina.

Anúncios

Comentários»

1. Humberto - setembro 18, 2009

Quando sai essa pérola? Sou riocontense honorário e não posso deixar de ter o livro.
Com o novo secretário, ainda permaneces na Sect? E Gabriel?
Mande notícias do mundo de lá.
Abs
Humberto


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: