jump to navigation

Poesia em estado puro novembro 16, 2009

Posted by eliesercesar in Poesia.
trackback



O bebê é Maria Cecília, minha filha e de Andréia, para quem fiz o poema anunciatório, bisado abaixo porque a solenidade inaugural do nascimento requer.

Meu cochilinho

CIRANDA DE MARIA CECÍLIA

I

Envolta na brisa,

Vem Maria Cecília.

No sopro do vento,

Ela brinca e desliza.

II

Embalada em cantiga,

Velha, nova ou antiga,

Dorme ainda na névoa,

Maria Cecília.

III

Do céu , um retalho,

das nuvens, amiga,

Sem vestido ou camisa,

Perfumada de orvalho,

Como que não avisa,

Vem envolta na brisa

Maria Cecília.

IV

Para o riso e a ferida,

E a experiência incessante

Vem sem pressa  a infante,

“Cheiiiiinha” de vida.

Anúncios

Comentários»

1. Mariana Paiva - novembro 18, 2009

Adorei as fotos dela, ela é linda e muito cheia de vida como os pais. 🙂
Quero muito conhecê-la, irei em breve.
Saudades de vocês e agora, dela também.

Milhões de beijos pra vcs quatro!

2. Gerana Damulakis - novembro 22, 2009

Recebi o marcador de livros com o poema e Cecília. Obrigada. Felicidades para vocês com a lindeza que chegou. Saúde!

3. Hilcelia - dezembro 17, 2009

Felicidades! Ela é linda! Abração.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: