jump to navigation

Funeral março 28, 2012

Posted by eliesercesar in Poesia.
trackback

 

I

 

É de alívio

o sentimento do homem vivo

no velório.

 

II

 

Pode ser lorde, mendigo ou simplório,

que é mesmo de alívio,

o sentimento do homem vivo

no velório.

 

III

 

“Afinal” – pensa o homem vivo no velório –

“estou no funeral,

mas não estou assim

tão mal”.

 

Anúncios

Comentários»

1. nuneslidi - março 28, 2012

Verdade, Elieser. Adorei a poesia.
Um abraço.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: