jump to navigation

Poema inspirado num conto de Guimarães Rosa abril 18, 2013

Posted by eliesercesar in Poesia.
trackback

Imagem

 

A MENINA DE CÁ.

Na única margem do rio,
a menina (a suave, menina);
continua, em litoral de sangue,
seiva e vida,;
deslumbrada com o tecido
das estrelas.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: