jump to navigation

CÉSAR DEVE VIVER (Inspirado no filme César deve morrer, dos irmãos Paolo e Vittorio Taviani) maio 2, 2013

Posted by eliesercesar in Poesia.
trackback

César deve morrer 

Atravessei o Rubicão,

Por pura ambição.

Transformei homens e aldeias

em tição.

Impus autoridade

num povo sem comando.

Ajo assim, por onde ando.

Dei a Roma seu Estado, sua legenda.

Leguei meus anos

à loba sedenta

de guerras e enganos.

E, você, Brutus,

quase sangue do meu sangue derramado,

cravou, na excelsa túnica, o punhal.

Doou a Roma,

à história e à eternidade,

o axioma de transcendente dor:

no homem fraco,

espreita o traidor.

Anúncios

Comentários»

1. Myarant Gallo - maio 3, 2013

Elieser, não conheço este filme dos Taviani, mas, pelo que já assisti da dupla, deve sem muito bom.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: