jump to navigation

RECÔNDITA SINGELEZA DO SER janeiro 18, 2014

Posted by eliesercesar in Poesia.
trackback

Pensando
I

No primeiro dia do ano,
o que mudou,
além do calendário?
Deixou, o tolo, a tolice?
Esqueceu a arma o assassino?
O ladrão respeitou o país?
Virou gente boa o escroto?
Tiraram da vida o esgoto?

II

Vou crer em mudanças,
quando a estupidez se render
à recôndita singeleza do ser.

Anúncios

Comentários»

1. iva maria o.vianna - janeiro 25, 2014

MUITO LINDO ESSE POEMA ELIESER ‘!RECONDITA SINGELEZA’ DO SER’……SEM MUDANÇAS NADA FEITO A VIDA VIVE eM cONSTANTES MOVIMENTOS,PODEMOS OBSERVAR, QUE A CADA MOMENTO EM Nós HÁ ALGUMA FORMA DE MUDAR,basta olharmos com mais cuidados……
….
BJOS IVA VIANNA


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: