jump to navigation

DIATRIBE janeiro 19, 2017

Posted by eliesercesar in Prosa.
trackback

diatribe

É cachaceiro, é presepeiro, brigão, xingão, e diz isso e diz aquilo e aquilo outro, e é escroto, disse isso e redisse aquilo, e duvida de nossa cunhada, já que nosso irmão devia reparar que o galeguinho não se parece com nenhum de nós, e ainda tripudia dizendo é ferro, é  ferro, é ferro na boneca,é no gogó neném, e outras besteiras, e de Tia Pulula disse que ela é chamada assim porque  pula e  dá salto mortal em rola,  que o senhor, quando jovem, lavava as calçolas da putas no brega onde trabalhou de segurança e dava as suas primeiras fodas, assim mesmo,  dava as suas fodas iniciais, que eu rocei com aquele rapaz que entrega o botijão de gás, esculhamba as novelas, passatempo de velhotas e histéricas, não tem papas na língua, diz tudo do que lhe vem à cabeça e aos intestinos  e troca o nome dos livros só pelo prazer da  putaria, disse que lera o Caralho em Pé, como se eu não soubesse que era o Carvalho em Pé,   e quer bater nos outros, não pode ver mulher, bate punheta na janela, com aquele pau de desmarcado, e dá esbregue,quer montar no nosso cangote, só fala em comer chicote, e quis pegar em minha boceta, eu que deixasse, e engala o banheiro todo, defende Temer e esculhamba Lula, e diz que a vida não é bela, bebe fiado pra gente pagar, e se mija e se caga, e fuma maconha, e come com as mãos, urina na tampa da sentina, o socavo uma fedentina, coça os ovos, mete o dedo no cu dele e quer meter no dos outros, ronca como um porco,não respeita ninguém, até falou que nossa prima é sapatão, que o senhor é mamão,e é só esculhambação, não é normal, meu pai.., é um herege, fala mal até de Deus, disse que Deus é vagabundo e preguiçoso, pois se aposentou após seis dias trabalho para ficar coçando os sacos durante toda a eternidade, bem no mole, enquanto a gente (como ele fizesse alguma coisa) fica aqui, na Terra, dando duro e comendo o pão que o Diabo amassou e a fome desamassou…é um moleque…O quê? Estou ouvindo direito, meu pai? Que aqui, na casa dos outros, não é lugar de se lavar roupa na chuva.. Ah, sim, roupa suja,  e já que eu tomei a liberdade de lavar é bom que, quando voltar, vá lá, no tanque do quintal,  enxaguar… Não acredito no que estou ouvindo. O senhor ainda tem coragem de defender um mequetrefe desse, meu pai? O senhor também perdeu o juízo? Aquele tem que ser internado, meu pai.

 

 

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: