jump to navigation

BENS DURÁVEIS julho 27, 2017

Posted by eliesercesar in Poesia.
trackback

Galinha

Um pé de manga nascendo no quintal,
um prato de comida quase sem sal,
um pavão todo depenado,
um paletó com o bolso furado,
uma galinha d’Angola,
um pássaro fora da gaiola,
uma cachorro, um gato e uma lebre,
38,6 graus de febre,
uma música distante e noturna.

E ainda querem tomar ninha fortuna…

 

 

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: